sexta-feira, 29 de julho de 2016

O Dilema do Diamante Negro

Acho que meus amigos e pessoas próximas de mim descobriram meu segredo para presentear quando estou com pouca grana... Chocolate! Para mim era infalível, afinal, nunca conheci alguém que não goste declaradamente de chocolate.  E todas as vezes em que sou presentado (em ocasiões menos importantes) ganho chocolate. O que eu adoro, apesar de ser um inimigo para minha busca pela boa forma! Haha!

Só que algo, de repente, começou a me intrigar e minha filosofia sobre a infalibilidade do chocolate começou a falhar. É que, depois que eu disse para alguém que o chocolate que eu menos gosto é o Diamante Negro, todo chocolate que eu ganho é (adivinhem): Diamante Negro!

Nada contra o diamante, muito menos contra o fato de ele ser negro. Tá! Vou contar o motivo... O gosto dele é ótimo, mas... Os flocos de açúcar que vêm nele cortam minha língua todinha! Daí, fico naquele dilema: Será que sentir a dor em virtude do prazer valeria a pena? Porque, como eu já disse, o chocolate em si é delicioso! Contudo, não consigo ficar separando os floquinhos de açúcar e, sinceramente, não acho que o sacrifício da dor valha o sabor! Hahaha!

Ontem mesmo ganhei um. (Aff!) É claro que, na hora, eu finjo que A-DO-REI o chocolate! E, realmente, a intenção de quem presenteia é o que me alegra. Pelo menos, educado eu sou, né? Só que quando chego em casa, nem dou bola pro coitado do chocolate. Talvez, se fosse outro chocolate eu já teria devorado! Mas, como é o Diamante Negro, ele está lá, fechadinho, intacto na minha geladeira. Nem ligo se algum dos meus irmãos comer!

Pois bem, diante desse terrível e incessante dilema em minha vida, prefiro crer que seja provisão divina para que eu reduza a quantidade de doces para, quem sabe, continuar emagrecendo! Se você já me deu Diamante Negro alguma vez na vida, me perdoe o desabafo, mas saiba que se eu emagrecer, você colaborou com isso! Muito obrigado! Sigo vendo o copo meio cheio.

Abração e, até mais!

Douglas ;)

*Esta é uma republicação dos melhores textos do meu antigo Blog (Gota de Nanquim).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar!
Não esqueça de deixar o link do seu Blog para que eu possa retribuir a visita, ok?!