sexta-feira, 30 de setembro de 2016

A grama do vizinho é mais verde do que a minha?


Uma das coisas que desanima quase todo blogueiro é viver daquele ditado: "A grama do vizinho é mais verde do que a minha". Mas, de uns tempos pra cá eu percebi que se realmente a minha grama não parece tão atrativa é porque tenho passado mais tempo olhando pra do vizinho do que cuidando da minha própria, para que melhore um pouco sua aparência.

Por tanto tempo eu olhei pra o meu próprio blog comparando com o de outras pessoas, e ficava pensando: "Cara, meu Blog nunca vai ser tão bom quanto o do Fulano/da Fulana!". Só que de uns tempos pra cá, eu percebi que esse pensamento não é nada legal, e que nele existe até um certo tipo de complexo de inferioridade.

Nada a ver, né?! Deixar de fazer algo que eu gosto tanto, como escrever, pra ficar comparando o conteúdo dos meus textos com o das outras pessoas, ou o layout do meu blog com o de outros, ou tantas outras coisas...

Eu sei que meu Blog não é igual ao de muita gente boa por aí, mas QUE SE DANE! Ele é meu! Tem a minha cara, e define um pouco de quem eu sou por dentro. Goste quem gostar, não goste quem não gostar. Mas eu não aceito ficar com esse tipo de neura dentro de mim.

E, veja que curioso! Foi só eu aceitar o meu "jeito de postar" que finalmente consegui repaginar meu Blog todinho e deixar ainda mais com a minha cara! Do jeito que eu queria há algum tempo, mas por ficar criando comparações, não conseguia alcançar o que tinha em mente. Até o nome dele mudou! E isso, sem ser copiado de ninguém. A inspiração partiu de mim mesmo. E eu dei muita sorte de o domínio estar disponível. Porque, cara, fala sério! O que tem de Blog com nomes ótimos por aí que estão abandonados! O Blogger devia dar uma reciclada nesses domínios que a galera usa e não se dá ao trabalho de manter o Blog. Tem um de nome excelente que não atualiza desde 2002! Ninguém merece!

Dê boas vindas ao "O Coração do Menino". Espero que goste das novas postagens, que têm tudo pra ser cada vez mais originais.

E quanto a você, não deixe de fazer aquilo que gosta por causa de complexos, ou por achar que as pessoas não se interessam pelo que você faz. Quem se importa com o que se passa na cabeça das pessoas?! Faça o que você ama! Dê o seu melhor. Escrevam sua própria história! E quem tiver que gostar, vai gostar do jeito que é.

Por hoje é só isso tudo.
Até mais ver!

P.S.: A imagem da postagem não tem nada a ver com o assunto, mas o Blog é meu e eu coloco a imagem que eu quiser.

2 comentários:

  1. Douglas! Adorei o post, tbm tem tudo a ver com a fase que tenho passado no meu blog ultimamente.

    Esse é o terceiro nome que dei pro meu blog, e foi o que mais ficou, "Allan em Palavras", acontece que a gente acaba se motivando por sentimentos e muda tudo, aí quando a gente olha vem aquele arrependimento e dá vontade de recomeçar!

    Mas afinal o ser-humano é feito de recomeços sem fim. É a espiral da vida!

    Acho importante darmos vida ao nosso projeto e isso só é possível quando somos sinceros com o que fazemos, é isso que traz personalidade para o blog. Já vi tantos blogs com design simplório e de conteúdo apaixonante, e ao mesmo tempo vejo blogs com layouts tão bem trabalhados cheios de coisas inúteis e sem personalidade.

    Boa sorte nessa nova jornada, eu continuo por aqui.

    Obrigado pela visita no meu espaço! Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Caraca, Allan! Falou tudo nesse comentário!
    Especialmente quando falou isso:
    "Já vi tantos blogs com design simplório e de conteúdo apaixonante, e ao mesmo tempo vejo blogs com layouts tão bem trabalhados cheios de coisas inúteis e sem personalidade."

    Obrigado por acessar e deixar seu comentário!
    Tô sempre passando pelo seu tbm.

    Abração!

    Douglas =P

    O coração do Menino

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!
Não esqueça de deixar o link do seu Blog para que eu possa retribuir a visita, ok?!