sábado, 26 de janeiro de 2013

Gi & KT Tunstall

Conheci Gisele no "Colégio Interno". É.. eu já estudei em um! Uma amiga, que me conheceu sem nenhum atrativo e que me amou por quem eu demonstrei ser: alguém imperfeito que busca melhorar a cada dia. Pra isso precisei de amigos que me acolhessem e compreendessem, e a Gi foi, pra mim, muito mais do que isso.

De certa forma, parecia que a gente meio que se completava. Eu era um menino fragilizado e medroso, ela uma garota destemida e audaciosa e, daí, surgiu uma amizade que a distancia, infelizmente separou, mas que continua bem viva dentro de nós dois.

Quando citei KT Tunstall no Post passado, lembrei da Gi, porque foi ela quem me apresentou o CD da cantora. E, como eu passava a gostar de absolutamente tudo o que ela gostava (exceto meninos), gostei da KT na mesma hora.

KT Tunstall canta "Suddenly I See", uma das músicas que marca a trilha sonora do meu filme favorito (aquele que já assisti 500 vezes e, quando não tem mais nada pra assistir, é ele que assisto de novo): "O Diabo Veste Prada", mas não estou aqui pra falar sobre o filme.

Depois do Post sobre o DVD "Manuscrito", procurei conhecer um pouco mais sobre a cantora e, a cada música que ouvia, mais lembrava dos dias vividos com a Gi. É incrível como a música tem o poder de nos fazer recordar de tantos bons e maus momentos!

Simplesmente me apaixonei ainda mais pela combinação da voz com o estilo da KT. Música pra se ouvir em dias nublados (outonos fora de época, como diz o Pablo), e que faz recordar de coisas e pessoas que amo. Então, todas as vezes em que ouvir KT Tunstall ou assistir "O Diabo Veste Prada" vou me lembrar da Gisele.

P.S.: Ela não morreu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar!
Não esqueça de deixar o link do seu Blog para que eu possa retribuir a visita, ok?!