terça-feira, 15 de outubro de 2013

Eu li "Jogos Vorazes"

"Matar ou morrer. Não há escolha.
Na arena, o mais capaz vence.
Que os Jogos Vorazes comecem!"

Quando peguei "Jogos Vorazes" na última Segunda-feira (07/10) estava disposto a ler até o fim. Eu já tinha tentado ler uma vez, mas parei antes de terminar o primeiro capítulo. Precisava me dar um tempo para assimilar o estilo Suzanne Collins de escrever. Para ela, uma caverna é uma caverna, uma floresta é uma floresta, uma tempestade é uma tempestade. Talvez por ser uma história dinâmica que ocorre em um curto período de tempo (três semanas, em média), a autora vai direto ao ponto, sem se preocupar em encher a imaginação do leitor com os detalhes em cena. Mas, logo acostumei e devorei o livro!

A HISTÓRIA

A história acontece onde um dia foi a América do Norte, um lugar no futuro, chamado Panem, dividido em 12 Distritos. Os Jogos Vorazes são uma competição promovida pela Capital como uma forma de controle sobre os 12 Distritos. Um menino e uma menina de cada Distrito, de doze à dezoito anos, são obrigados a lutar por sua sobrevivência, caso sejam sorteados para os Jogos.

A protagonista (e narradora) da história se chama Katniss Everdeen, que teria todas as probabilidades para ser sorteada para a competição daquele ano, mas sua irmã mais nova, Prim, é sorteada para representar o Distrito 12, onde moram. Katniss entra em desespero e se oferece para representar a irmã nos jogos, ao lado de Peeta Mellark, filho do padeiro. Os dois já se conheciam de vista, mas nunca haviam trocado uma palavra.

Após a seleção, Katniss e Peeta são levados para um breve período de preparação na Capital. Uma vez que os Jogos são transmitidos para toda Panem via televisão, a história envolve bastidores, estratégias de marketing por parte dos preparadores, estilistas, maquiadores, indo desde a forma como o extravagante apresentador Caesar Flickerman rege a entrevista dos tributos (os escolhidos para os jogos) até os mínimos detalhes das roupas e afeições de Katniss e Peeta diante do público.

O que surpreende a todos é o fato de Peeta declarar seu amor por Katniss. A garota fica confusa, sem saber se é uma estratégia para vencer os jogos ou se ele realmente a ama. Além disso, ela ainda se depara com os conflitos causados por seus próprios sentimentos a respeito do rapaz. O pior é que apenas um deles pode sobreviver na arena.

"Jogos Vorazes" é uma história envolvente que proporciona ao leitor uma incrível sensação de movimento em suas emoções, seja em quesito de aventura, romance ou ação. Você se sente mais do que um expectador ou um leitor, é como se você estivesse dentro da arena, sentindo medo, frio e fome com as personagens.

O decorrer da história é surpreendente! O leitor só precisa tomar cuidado para não perder a hora de seus compromissos ou a hora de dormir quando estiver lendo, pois os capítulos terminam com aventura e/ou mistério no ar, o que te leva a continuar lendo o capítulo seguinte e o seguinte, até chegar ao fim da história e ter sua curiosidade ou instinto aventureiro suprido.

Apesar de ser classificada como uma (sangrenta) literatura "infantojuvenil", eu adorei ler "Jogos Vorazes", indico para meus amigos e leria novamente.

O LIVRO

CAPA: Apesar de a capa não ser daquelas que a gente fica olhando e imaginando a história, ela é bonita e
condizente com a seriedade do livro. O destaque fica por conta da figura do broche de Katniss, com um Tordo (pássaro que se destaca na história), a imagem é dourada, em alto relevo e parece um broche de verdade.

DIVISÕES: O livro é dividido em três partes: "Os Tibutos", "Os Jogos" e "O Vitorioso", o que facilita a leitura. É quase como "Introdução", "Desenvolvimento" e "Conclusão". Para jovens leitores ou quem não tem o hábito da leitura é uma boa pedida.

TAMANHO DA LETRA: A grossura do livro pode assustar alguém que não esteja acostumado a ler, mas a letra dele é grande e as margens devem medir 1,5 cm. A coloração amarelada das páginas também ajuda a não cansar as vistas, o que facilita a leitura.

CURIOSIDADE: Em três semanas de Jogos, reparei que Katniss, apesar de descrever cada um de seus movimentos, nunca "vai ao banheiro".

ME DEU RAIVA: O livro não tem um final. Apesar de apresentar o vencedor dos jogos, é como se ainda houvesse um capítulo após o último. O restante da história vai ter que aguardar, porque não vou ler o seguinte ("Em chamas") agora.

MEU TRECHO FAVORITO:
"Está vendo aquela garotinha ali? Eu queria me casar com a mãe dela, mas ela preferiu um trabalhador das minas."
"Um trabalhador das minas? Por que ela preferiu um trabalhador das minas se podia ter você?"
"Porque quando ele canta até os pássaros param para ouvir."

DADOS DO LIVRO: 

Título original: "The Hunger Games".
Autora: Suzanne Collins.
Capítulos: 27.
Páginas: 397.
Editora: ROCCO (Jovens Leitores).
Preço: R$29,90 (Submarino)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar!
Não esqueça de deixar o link do seu Blog para que eu possa retribuir a visita, ok?!